WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

"doencas-de-avestruzes-e-outras-ratitas"

A água transmite doenças?

A água transmite doenças? Sim, estando contaminada a água é capaz de transmitir muitas doenças, entre elas cólera, diarreia, leptospirose, hepatite, esquistossomose, giardíase, entre outras. No entanto, com a adoção de uma das principais ações de saneamento básico, que é o tratamento da água e do esgoto, praticamente eliminam-se as possibilidades de ocorrência dessas doenças.

Doenças oculares mais comuns em cães

Kelly Cristine de Sousa Pontes, professora do Curso CPT Oftalmologia Veterinária, declara que as doenças oculares são problemas comuns na rotina veterinária e afetam um grande número de animais. Isso torna necessário o cuidado com os olhos deles, com o objetivo de melhorar a sua qualidade de vida.

Doenças aviárias do tipo virose

Várias doenças atacam as aves. A maioria delas são respiratórias. Quando bem tratadas e tendo o manejo correto, tornam-se muito mais resistentes a esses fatores patogênicos. A prevenção de algumas doenças pode ser feita por meio de vacinas, no entanto, nem todas possuem essa proteção. As principais doenças aviárias são:

Plantação de tomate - doenças causadas por bactérias

Muitos alimentos são jogados fora, porque não atendem ao padrão para a sua comercialização. Entre os fatores que influenciam diretamente na perda dos alimentos estão as doenças. O tomateiro pode ser atacado por diversas doenças, causadas por fungos, bactérias, nematoides ou vírus. Pode, também, apresentar distúrbios fisiológicos causados por falta ou excesso de nutrientes, falta ou excesso de água no solo, exposição excessiva ao sol e outros fatores ambientais.

Diagnóstico bovino 100% certo? Conheça melhor as doenças!

É impossível chegar a um diagnóstico sem conhecer as doenças, sendo necessário classificá-las quanto à sintomatologia e quanto a causa para auxiliar esse processo, explica Dr. Paolo Antônio Dutra Vivenza, professor do Curso CPT Clínica Médica de Bovinos. Dessa forma, tem-se:

Doenças do maracujá: controle da Bacteriose

A bacteriose é uma doença causada pela bactéria Xanthomonas campestris pv passiflorae Per, sendo uma das doenças mais importantes da cultura, especialmente quando associada à Antracnose. As lesões geralmente são mais facilmente perceptíveis nas folhagens internas da planta. Começam no limbo por pequenas pontuações translúcidas de aspecto aquoso, que depois evoluem para uma coloração mais escura, quando então podem tomar diversos formatos, dificilmente arredondados, e com o tamanho médio de 3 a 4 mm.

Águas naturais cada vez mais contaminadas transmitem doenças infecciosas no meio rural

Trabalhos científicos realizados pela Embrapa têm mostrado que em determinadas regiões até 98% das águas naturais analisadas apresentaram bactérias de origem fecal, que é o parâmetro indicativo de poluição por esgoto. Esses trabalhos foram realizados em áreas rurais, onde era de se esperar menor poluição dos recursos hídricos. A água microbiologicamente contaminada pode transmitir grande variedade de doenças infecciosas, de diversas maneiras: diretamente pela água (provocada pela ingestão de água contaminada); causadas pela falta de limpeza e de higiene com água e veiculadas por parasitas encontrados em organismos que vivem na água.

Doenças da Seringueira - Antracnose do Painel e Cancro da Haste

A Antracnose do Painel é uma doença do tronco, do painel de sangria da seringueira, causada pelo fungo Colletotrichum gloeosporioides, presente, principalmente, nos seringais dos Estados de São Paulo e Mato Grosso. Os sintomas se assemelham aos do cancro estriado.

Indústrias de processamento exigem tomates livres de pragas e doenças

O tomate é um alimento consumido ao natural ou processado, que agrada o paladar de povos de todos os continentes do mundo. É considerado a hortaliça mais universal entre todas e oferece muitas opções de industrialização, produzindo diversos tipos de derivados, tendo, por isso, elevada importância econômica nas regiões onde é cultivado. Quando produzido em alta escala, destinado à industrialização, o produtor deve se atentar ao padrão de qualidade exigido pela indústria de processamento, já que ela exige frutos completamente maduros, com coloração vermelho-intensa e uniforme, sem o pedúnculo e outras impurezas, livres de sintomas de pragas e doenças, danos mecânicos e fisiológicos . Qualquer desses fatores encontrados no frutos acarreta em descarte e, portanto, prejuízos ao produtor rural.

Pepino em estufas: principais pragas e doenças

O cultivo em estufa oferece boas condições para o pepino, mas é condição ideal para a maioria das pragas e doenças. Por isto, o monitoramento deve ser feito diariamente e caso não haja possibilidade de agir preventivamente, o controle deve ser feito com o surgimento dos primeiros sinais ou sintomas das pragas e doenças. Entre as doenças que mais atacam a produção de pepino em estufas, estão:

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!