WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

"cultivo-organico-de-hortalicas-sistema-de-producao"

De propriedade rural convencional para orgânica: fácil ou difícil?

Não é muito simples fazer uma conversão do sistema convencional de produção para o sistema orgânico. Isso leva tempo, geralmente, quatro anos. “O produtor tem grandes dificuldades de se adaptar a um novo sistema, devido aos vícios, pois no início a plantação não responde sem o apoio químico, dado que o solo está debilitado e o equilíbrio natural está em desarmonia por causa dos produtos utilizados anteriormente”, afirma Paulo Antônio D'Andréa, professor do Curso a Distância CPT Cultivo Orgânico de Citros, em Livro+DVD e Curso Online.

Drenagem linfática: funções do sistema linfático

O sistema linfático possui diversas funções no organismo. Ele é responsável pela produção e distribuição de glóbulos brancos e outras células importantes no sistema imunológico, como linfócitos, células produtoras de anticorpos

Cultivo orgânico de tomate, pimentão, abóbora e pepino: clima ideal para cultivo do pepino

O pepino prefere clima quente. Não suporta temperaturas muito baixas, nem geadas. Por isso, é mais fácil de ser cultivado no período chuvoso

Cultivo orgânico de tomate, pimentão, abóbora e pepino: defensivos naturais

Os defensivos naturais são compostos preparados pelo agricultor que contribuem para melhorar o metabolismo das plantas, por um custo baixo, sem prejuízos à saúde do trabalhador e nem envenenamento dos alimentos

Quando devo usar os sistemas de aspersão portáteis na irrigação?

Os sistemas portáteis são adequados para as situações em que é necessário fazer rodízios, deixando a área em descanso, por um determinado tempo, após a colheita da cultura, como acontece nos cultivos de algumas olerícolas, por exemplo. É adequado também para os casos em que os cultivos são feitos em áreas arrendadas, quando após o término da colheita a área deve ser desocupada. Nesses casos, após a colheita, o sistema de irrigação deverá ser removido da área para ser instalado em outro local

Por que cultivar tilápia-do-nilo nas pisciculturas?

A tilápia-do-nilo (Oreochromis niloticus) é uma espécie de grande interesse na piscicultura atual, pois é o segundo grupo de peixes de água doce cultivado no mundo, ficando atrás apenas das carpas. "No Brasil, é a espécie mais cultivada, respondendo pela metade da produção anual de peixes cultivados", afirma Giovanni Resende de Oliveira, professor do Curso CPT Nutrição e Alimentação de Peixes.

7 dicas para quem vai cultivar frutos hidropônicos

A seguir, sete procedimentos relacionados ao manejo geral rotineiro no sistema hidropônico relacionados ao cultivo do tomate grape. “Exceto aqueles que necessitam de cuidados específicos, os listados abaixo são os mesmos para as outras culturas”, afirma Prof. Dr. Clério Hickmann, do Curso CPT Hidroponia - O Cultivo sem Solo.

Sistema de pastejo x método de pastejo: qual a diferença?

É comum a confusão do significado de sistema de pastejo com o de método de pastejo, como ocorre quando se expressa "sistema de pastejo contínuo" e "sistema de pastejo rotacionado". Mas, o correto é expressar o método de pastejo dos tipos lotação contínua e lotação rotacionada ou pastejo intermitente.

Milho hidropônico em substratos orgânicos (palhas, bagaços e outros)

Esse sistema é utilizado para cultivo do milho hidropônico para alimentação animal. “Consiste em utilizar um substrato orgânico como palha de feijão, palha de arroz, bagaço de cana entre outros”, afirma Augusto Luis Ruegger Almeida Neves, professor do Curso CPT Cultivo de Milho Hidropônico - Para Alimentação Animal.

Três dicas para quem deseja cultivar tomate

Rumy Goto, professora do Curso a Distância CPT Cultivo de Tomate em Estufa, anuncia que O cultivo do tomate em estufa oferece frutos de melhor qualidade, com menor perda, com produção inclusive na entressafra, trazendo maior retorno financeiro. Com base nesses benefícios inegáveis, a utilização do cultivo protegido se consolidou como uma das técnicas mais vantajosas para a tomaticultura.

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!