WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

"o-solo-e-a-base-do-desenvolvimento-das-plantas-e-armazem-para-a-saida-e-entrada-de-nutrientes-para-as-plantas"

Como as plantas obtêm os nutrientes necessários para sobreviver?

As plantas obtêm os nutrientes que necessitam através da absorção pelas raízes dos elementos existentes na solução do solo. E são três os processos de absorção: interceptação radicular, fluxo de massa e difusão. Antes de qualquer coisa, esta absorção dependerá da existência ou de sua disponibilidade na solução do solo.

De que são compostas as plantas?

As plantas são compostas de raiz, caule, folha, flor, fruto e semente. "É a partir do trabalho conjunto e harmônico entre suas partes que as plantas se desenvolvem com sucesso", afirma Eduardo Elias Silva dos Santos, professor do Curso a Distância CPT Como Montar um Viveiro de Plantas Ornamentais, em Livro+DVD e Curso Online. Para entendermos melhor como se dá o desenvolvimento das plantas, é preciso conhecer sua estrutura e como funciona cada parte que a compõe. Vamos a elas:

Por que avaliar a fertilidade do solo antes de plantar?

Por que avaliar a fertilidade do solo antes de plantar? Simples: o solo tem determinadas características físicas, químicas e biológicas. Por outro lado, as culturas têm determinadas exigências nutricionais que devem ser satisfeitas a partir das características químicas do solo, afirma Eurípedes Malavolta, professor do Curso a Distância CPT Análise de Solo e Recomendação de Calagem e Adubação, em Livro+DVD e Curso Online.

Vai plantar feno? Corrija a acidez do solo antes!

No Brasil, a ocorrência de solos ácidos é fato comum na maioria das regiões. Nessas condições, predominam solos com teores de cálcio e magnésio bastante baixos, uma forte presença de acidez de alumínio e manganês, o que é bastante prejudicial ao desenvolvimento de qualquer cultura. No manejo da fertilidade dos solos de pastagens, muitas vezes, os produtores se omitem no manejo da fertilidade, à custa de produção de forragem mais baixa. Para a produção de feno, entretanto, esquecer da fertilidade do solo significa comprometer severamente a produção e, consequentemente, a rentabilidade do negócio.

Urucum - tipo ideal de solo para o cultivo deste corante natural

O urucueiro é uma planta rústica e resistente e, por isso, adapta-se a diferentes condições de solo, podendo ser cultivado até mesmo em solos de baixa fertilidade. É claro que, nessas situações, a produtividade será menor que em solos com boa fertilidade. Mas, o teor de bixina das sementes não acompanha essa relação, ou seja, mesmo a produtividade sendo pequena, o teor de bixina será satisfatório, dependendo da cultivar utilizada.

Plantas espontâneas são o verdadeiro laboratório do solo

Bem, é fácil compreender que, se uma planta está se desenvolvendo bem em um determinado local, sem no entanto ser cultivada, é porque ela está encontrando ali condições favoráveis. Portanto, a presença delas indica, com segurança, quais são as condições atuais que o solo se encontra.

Qual a importância do solo para as plantas e vegetais?

Para seu desenvolvimento, os frutos recebem nutrientes das plantas, elaborados a partir da fotossíntese e outros processos fisiológicos. A origem dos elementos básicos para que estes processos ocorram é bastante variada. "O ar e a luz solar são absorvidos em grande parte pelas folhas. Já a água e os nutrientes, em sua maioria, são absorvidos pelas raízes", afirma Margarida Maria Teixeira Cerqueira, professora do Curso a Distância CPT Ciências na Educação Infantil, em Livro+DVD e Curso Online.

Fatores que limitam o desenvolvimento de forrageiras em pastagens

A característica física do solo mais limitante para a maioria das espécies forrageiras são solos de perfil raso. “Lajes de pedras muito rasas e solos com muitas pedras e cascalhos limitam o crescimento das raízes”, afirma Adilson de Paula Almeida Aguiar, professor do Curso a Distância CPT Manejo de Pastagens, em Livro+DVD e Curso Online.

Quero implantar um jardim: como nutrir o solo?

Os nutrientes necessários às plantas de um jardim são classificados em dois grupos: os macronutrientes e os micronutrientes. Os macronutrientes são aqueles consumidos em grande quantidade, são eles o nitrogênio, o fósforo, o potássio, o cálcio, o magnésio e o enxofre. São representados, em embalagens de fertilizantes, pelas iniciais N, P, K, Ca, Mg e S. Os micronutrientes são demandados em menor quantidade, mas nem por isso deixam de ser essenciais. Zinco, boro, ferro, cobre, manganês, cloro e molibdênio, representados pelas letras Zn, B, Fe, Cu, Mn, Cl e Mo, são os principais micronutrientes indispensáveis ao bom desenvolvimento das plantas.

Qual é o objetivo da calagem nos solos?

Quando se interpreta uma análise de solo, primeiramente deve ser verificada a necessidade ou não da calagem. Por causa da influência sobre a eficácia dos fertilizantes, melhorando o ambiente radicular e facilitando a absorção dos nutrientes. “O objetivo da calagem é corrigir a acidez característica dos solos”, afirma Eurípedes Malavolta, professor responsável pelo Curso a Distância CPT Análise de Solo e Recomendação de Calagem e Adubação, em Livro+DVD e Curso Online.

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!