WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

7 pragas que atacam o milho

Embora as lavouras de milho tenham se tornado cada vez mais produtivas, elas ainda sofrem com o ataque de pragas como a Lagarta-do-cartucho

7 pragas que atacam o milho

“No Brasil, o milho é um dos principais cereais produzidos por pequenos e grandes produtores. O clima favorável, as técnicas de cultivo e o avanço tecnológico tronaram as lavouras de milho mais produtivas e rentáveis. Entretanto, é indispensável adotar práticas de controle de pragas, em especial no stand inicial da planta”, ressalta João Carlos Cardoso Galvão, engenheiro agrônomo e professor do Curso CPT Produção de Milho em Pequenas Propriedades.

Broca-da-cana


A broca-da-cana acomete o milho até o fim do ciclo da planta. Para evitar que o milharal seja atacado, basta realizar o controle biológico com a vespa Cotesia flavipes (parasita as larvas da praga) ou o Trichogramma spp. (parasita os ovos da praga). Mas acima de tudo, o produtor de milho deve inspecionar a lavoura continuamente.

Coró


O coró é uma larva, que se alimenta das raízes do milho. O uso de inseticidas prescritos por engenheiro agrônomo é uma das medidas mais eficientes. Entretanto, realizar um bom preparo do solo; remover plantas daninhas e restos culturais pós-colheita são alternativas, que impedem a infestação do milharal por corós.

Helicoverpa armigera


A famosa Helicoverpa armigera é o pesadelo dos produtores de milho. Para proteger a plantação, basta realizar o manejo integrado de pragas, com uso de cultivares de milho geneticamente modificadas (tecnologia Bt). Também podem ser aplicados inseticidas biológicos e químicos, que só atinjam a praga (não os seus inimigos naturais).

Lagarta-do-cartucho


A lagarta-do-cartucho abre galerias no colmo do milho. Como consequência, surge um sintoma característico, conhecido como “coração morto”. Para combater essa lagarta, podem ser realizados o controle químico ou controle biológico, com Doru luteipes (tesourinha), inimigo natural, que ataca lagartas menores e ovos da praga.

Lagarta-rosca


A lagarta-rosca reduz o número de plantas por metro linear, pois corta o pé de milho rente ao solo. Como prevenção, pode ser realizado o tratamento das sementes de milho com inseticidas sistêmicos. Além disso, devem ser removidas plantas daninhas e restos culturais, pois as mariposas liberam seus ovos nessas plantas hospedeiras.

Larva-alfinete


A larva-alfinete concentra o ataque nas raízes do milho, o que resulta no acamamento da planta, conhecido como “pescoço de ganso”. Quando são adotadas medidas de controle eficientes, como remoção de restos culturais, o uso de inseticidas e controle biológico (fungo Beauveria bassiana), é possível impedir o ataque dessa praga à lavoura de milho.

Larva-arame


A larva-arame ataca as sementes e as raízes do milho. Além da aplicação de inseticidas prescritos por engenheiro agrônomo, o controle pode ser realizado com a drenagem da camada do solo (agricultável). Esse método faz com que a larva penetre mais fundo no solo, o que minimiza os danos radiculares. Outra medida eficiente contra a praga é realizar a rotação de culturas.

Conheça os Cursos CPT da Área Agricultura:

Produção de Milho em Pequenas Propriedades

Produção de Milhos Especiais

Técnicas Mecânicas de Conservação de Água e Solo

Fonte: Blog Aegro

Por Andréa Oliveira

Faça já o Download Grátis
Faça já o Download Grátis E-book Produção de Milhos Especiais - Milho Verde e Milho-Pipoca

Basta preencher os campos abaixo para receber o material por e-mail:

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!