WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Fale com uma Especialista
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Planejamento da estrutura e da capacidade do confinamento de bovinos de corte

O sistema de confinamento permite redução na idade de abate dos bovinos e aumento na qualidade da carne

Bovinos de corte - imagem ilustrativa

É inegável o tamanho e a importância da pecuária para o mundo todo. Aqui em nosso país, ela é uma das principais engrenagens que movem a economia nacional e, por conta do aumento da demanda mundial, tem a missão de se expandir e potencializar a sua produção, visando atingir lucros cada vez maiores.

Nesse sentido, a criação de animais em confinamento torna-se uma das opções para garantir o aumento da atividade, uma vez que esse sistema permite, dentre outros fatores, a redução na idade de abate dos bovinos, o aumento na qualidade da carne, o retorno financeiro a curto prazo e um melhor rendimento de carcaça.

Gilmar Ferreira, professor do Curso CPT Bovinos de Corte em Confinamento – Instalações, Produção de Alimentos e Escolha dos Animais, destaca que para garantir a máxima produtividade dos animais criados em sistema de confinamento, são necessárias uma série de iniciativas de manejo que devem ser desenvolvidas de forma disciplinada e rotineira.

Na criação em confinamento, o planejamento da estrutura e da capacidade dele são essenciais para que esse sistema produza os resultados esperados:

Definição da raça

Em primeiro lugar, é importante considerar que não há uma raça de bovino que seja considerada mais ideal para a criação em confinamento. Entretanto, ainda que qualquer raça possa ser introduzida ao sistema, cada produtor tem o dever de avaliar qual é a melhor para a região onde desenvolverá a criação e para a finalidade do confinamento: enquanto os zebuínos são mais resistentes, mas demoram mais tempo na engorda, os taurinos atingem o peso de abate mais rápido e são menos resistentes, por exemplo.

Estratégia de produção

Alguns cálculos são indispensáveis para que se conduza a criação corretamente. O consumo de matéria seca deve ser calculado a partir do peso dos animais e de uma estimativa de ganho médio diário.

Equipamentos e estruturas do confinamento

O manejo diário de animais confinados demanda a utilização de alguns equipamentos e construção de estruturas com a finalidade de otimizá-lo. Além do curral de engorda com bebedouro e cocho de alimentação, o pecuarista precisa de um curral para embarque, desembarque e manejo dos animais com seringa, de um galpão para armazenagem dos ingredientes utilizados na dieta, de silo para armazenamento do volumoso e de uma fábrica de ração. Em relação aos equipamentos, tratores, pá carregadeira e caminhão de arraçoamento são alguns dos mais importantes.

Área do confinamento

A área utilizada para o confinamento deve ser dimensionada. O ideal é que se trabalhe com uma área de 8 a 12 m² por animal e com 100 animais por piquete. Em relação à geografia dos piquetes, uma declividade mínima de 3% é necessária para o escoamento do excesso de água de chuva e o espaço do cocho deve ser calculado por cabeça, bem como a capacidade do bebedouro.

Local dos cochos

No caso específico dos cochos, a localização é um dos pontos principais, pois ela deve ser pensada para proporcionar fácil acesso tanto para os animais, quanto para quem trabalha abastecendo-os. Recomenda-se instalá-los na parte mais alta do piquete e a declividade recomendada para o lado de fora é a mesma citada anteriormente, com o mesmo objetivo já mencionado.

Tipos de cochos

Já em relação ao tipo de cocho, há três que são os mais usados comumente:

- os cochos de madeira;
- os cochos de concreto;
- e os cochos feitos com tambor plástico cortado ao meio.

De acordo com as características de cada um, os cochos de concreto são os mais recomendados por facilitarem a conservação e a limpeza, evitando que o alimento se deteriore e que o local onde os bovinos se alimentam se tornem propícios para a infestação de moscas e proliferação de doenças.

 


Conheça os Cursos CPT da Área Gado de Corte:

Bovinos de Corte em Confinamento – Instalações, Produção de Alimentos e Escolha dos Animais
Bovinos de Corte em Confinamento – Manejo e Gerenciamento
Alimentação de Bovinos de Corte

Fonte: RURAL, Serviço Nacional de Aprendizagem. Bovinocultura: manejo e alimentação de bovinos de corte em confinamento / Serviço Nacional de Aprendizagem Rural. – Brasília: Senar, 2018. 56 p; il. 21 cm (Coleção Senar, 232)
por Renato Rodrigues

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!