WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Fale com uma Especialista
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

A importância dos cruzamentos na pecuária leiteira

O objetivo primário da melhoria genética do gado leiteiro é aumentar a eficiência da produção de leite. Muitos produtores consideram o cruzamento uma alternativa para alcançar esse objetivo

A importância dos cruzamentos na pecuária leiteira   Artigos CPT

 

O objetivo primário da melhoria genética do gado leiteiro é aumentar a eficiência da produção de leite. Muitos produtores consideram o cruzamento uma alternativa para alcançar esse objetivo. O fácil acesso ao material genético de todas as partes do mundo, junto com a padronização das avaliações genéticas, são fatores que fazem do cruzamento uma ferramenta cada vez mais viável.

“Certos climas podem ser muito rigorosos para vacas leiteiras especializadas, especialmente durante o verão. Como os preços dos alimentos podem variar, esses fatores afetam o desempenho produtivo,
reprodutivo e a saúde dos animais”, afirma Roberto Luiz Teodoro, professor do Curso CPT Melhoramento Genético de Gado de Leite.

O volume de sólidos do leite é cada vez mais importante, uma vez que os preços do leite estão cada vez mais influenciados pela composição do produto. O cruzamento é uma alternativa para melhorar a composição do leite, saúde e fertilidade das vacas leiteiras, dados os benefícios do vigor híbrido.

Vigor híbrido é a diferença entre a média dos animais utilizados no cruzamento, com base na média das raças puras. Portanto, o vigor híbrido depende das diferenças na frequência genética entre as populações parentais. A heterose será máxima, quando diferentes alelos estão fixados em cada uma das linhas parentais. Assim, diferentes valores de vigor híbrido serão obtidos ao se cruzar Jersey e Holandês, ou Pardo Suíço e Holandês, por exemplo.

Diferentes esquemas de cruzamento podem ser realizados para produzir animais híbridos. O sistema rotacional de duas ou mais raças é um dos mais viáveis. Os animais cruzados podem ser superiores em uma das linhas parentais puras para quaisquer dos caracteres independentes, mas serão mais rentáveis, quando se considerarem todos os caracteres de forma conjunta, considerando-se a produtividade ao longo da vida.

Estudos realizados com 50 produtores que tinham praticado cruzamento, mostraram que 40 planejam continuar com esse procedimento, seis iriam parar e quatro ainda não tinham decidido. Facilidade ao parto, fertilidade, composição do leite, longevidade e vitalidade do bezerro são as vantagens principais. As desvantagens apontadas foram relacionadas a problemas de venda dos animais para o abate, bezerros machos, falta de uniformidade do resultado da cruza, dificuldade de fazer pareamentos para a próxima geração e redução do volume de leite produzido.

Aprimore seus conhecimentos sobre o assunto. Leia a(s) matéria(s) a seguir:


- Melhoramento genético do rebanho. Como fazer?

Quer saber mais sobre o Curso? Dê Play no vídeo abaixo:


 

Conheça os Cursos na Área Gado de Leite
Por Silvana Teixeira.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!