WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Fale com uma Especialista
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Gestão zootécnica na pecuária leiteira: o dia a dia de trabalho

Um bom gestor em pecuária leiteira precisa entender a dinâmica da fazenda e suas rotinas e saber otimizar o trabalho da mão de obra para que esta seja mais eficiente

Gestão zootécnica na pecuária leiteira: otimização da rotina de trabalho   Artigos CPT

 

Um bom gestor em pecuária leiteira precisa entender a dinâmica da fazenda e suas rotinas e saber otimizar o trabalho da mão de obra para que esta seja mais eficiente. “Além disso, cuidar bem da mão de obra é essencial para o sucesso da atividade leiteira, uma vez que os funcionários são responsáveis pelo resultado da fazenda como um todo”, afirma Lucas Repolês Lourenço, professor do Curso CPT Gestão Zootécnica na Pecuária Leiteira.

Manejo no dia a dia


A produção da fazenda é definida pelo manejo realizado no dia a dia, o que significa que a produção de leite está diretamente relacionada às pessoas que realizam o manejo diário. Portanto, caso não haja um manejo adequado, os animais não conseguirão expressar todo o seu potencial produtivo.

Nesse contexto, no que se refere aos aspectos relacionados à mão de obra, destacam-se:

- O principal desafio é manter a mão de obra comprometida e motivada: é preciso enxergar a mão de obra como um recurso precioso que precisa ser motivado para que a propriedade tenha o resultado que se espera;
- A equipe deve estar alinhada ao planejamento estratégico da propriedade e saber exatamente para onde está indo; e
- O ambiente de trabalho deve oferecer as condições necessárias para a boa realização do serviço.

Com relação à divisão de tarefas, é preciso que fique bem definido:

- Quem vai fazer?
- O que será feito?
- Como será feito?
- Quando será feito?

A divisão de tarefas é uma ferramenta que melhora a comunicação entre a equipe na fazenda. Outra estratégia para uma gestão de pessoas eficiente é fazer a divisão da propriedade em setores, possibilitando verificar o desempenho de cada um por meio dos seguintes índices zootécnicos:

- Ordenha: a qualidade do trabalho pode ser verificada a partir dos indicadores de qualidade (CCS e CPP), os quais estão relacionados à manutenção e higiene dos equipamentos de ordenha e à mão de obra.
- Cria e Recria: por meio de indicadores de mortalidade e ganho de peso diário, pode-se avaliar o comprometimento da mão de obra. O alto índice de mortalidade de bezerras está relacionado a recursos humanos;
- Nutrição: o desempenho do tratador pode ser verificado por meio das metas de produtividade estabelecidas para as vacas, da limpeza de cochos e instalações e do controle de estoque; e
- Reprodução: o desempenho do responsável pelas atividades relacionadas à reprodução, por exemplo, o inseminador, pode ser observado pelas taxas de concepção e das metas estabelecidas para o setor.

Por meio dessa estratégia é possível saber se a mão de obra está motivada e comprometida com o objetivo da fazenda ou se está deixando a desejar.

Aprimore seus conhecimentos sobre o assunto. Leia a(s) matéria(s) a seguir:


- Gestão zootécnica na pecuária de leite: a categorização do rebanho

Quer saber mais sobre o Curso? Dê Play no vídeo abaixo:


 

Conheça os Cursos CPT da área Gado de Leite.
Por Silvana Teixeira.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!