WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Fale com uma Especialista
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Problemas de casco em bovinos. O que saber e o que fazer?

Os problemas de casco em bovinos são reconhecidos como uma das principais causas de perdas econômicas

Problemas de casco em bovinos. O que saber e o que fazer?   Artigos CPT

 

Os pés dos animais têm de estar em perfeita ordem para que o animal possa exercer seu papel de produção. “As doenças dos pés são de grande importância, visto que podem causar perdas na produção”, afirma Pacifico Antônio Diniz Belém, professor do Curso CPT Enquanto o Veterinário Não Chega - Atendimento a Bovinos.

Os problemas de casco em bovinos são reconhecidos como uma das principais causas de perdas econômicas. O número de animais com problemas de casco tem variado de 3,75% a 60% ao ano nos rebanhos, sendo cada vez maior a sua incidência no Brasil nos últimos anos.

As perdas econômicas causadas pelos problemas nos cascos podem ser expressivas e estão relacionadas com alguns fatores:


I- Mortes: 7%
II- Perdas na produção: 25%
III- Tratamento veterinário e medicamentos: 5%
IV- Descartes: 39%
V- Atraso na concepção: 22%
VI- Mão de obra: 2%

Um animal que está acometido com lesão no casco apresenta dificuldades em executar atividades normais, tais como deitar, levantar, andar, alimentar-se, beber água e demonstrar o estro. A ocorrência de lesões nos cascos altera o comportamento das vacas de várias formas. Por exemplo, vacas com problemas podais manejadas a pasto se alimentam por períodos mais curtos que as demais, permanecendo mais tempo deitadas. Observa-se, ainda, que as vacas com claudicação tentam apreender mais capim a cada “bocada” que as vacas sadias.

Vacas acometidas por afecções de casco são as últimas a entrarem na ordenha e apresentam um comportamento irrequieto durante esta operação, fato este que compromete o momento mais importante de toda a atividade, merecendo até uma pesquisa que associe esse comportamento com o aumento dos índices de mastite. Já as vacas com manqueira confinadas em “Free Stall” permanecem por mais tempo ocupando a cama; não só porque ficam mais tempo deitadas, mas também porque ficam mais tempo em estação sobre a cama (SOUZA, 1999).

Principais causas dos problemas de casco


1) Os problemas relacionados com a nutrição.
2) As causas infecciosas são aquelas em que ocorre contaminação com bactérias e outros microrganismos.
3) Os problemas relacionados com excesso de umidade e abrasão no ambiente dos animais.

As doenças dos cascos são mais comuns em rebanhos leiteiros, estabulados, onde há maior concentração de animais numa mesma área, podendo também ocorrer em confinamentos. Tem-se observado um aumento da incidência dessas doenças nas épocas chuvosas, ou quando há muita umidade nos locais de permanência dos animais.

Aprimore seus conhecimentos sobre o assunto. Leia a(s) matéria(s) a seguir:


- Minha vaca foi mordida por cobra jararaca. O que fazer?

Quer saber mais sobre o Curso? Dê Play no vídeo abaixo:


 

Conheça os Cursos CPT da área Gado de Leite.
Por Silvana Teixeira.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!