WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Fale com uma Especialista
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

4 espécies de tilápia mais comuns no Brasil

No Brasil, as espécies de tilápia mais comuns são a tilápia azul, a tilápia do Moçambique, a tilápia do Nilo e a tilápia do Zanzibar

4 espécies de tilápia mais comuns no Brasil

Tilápia é o nome genérico de um grupo de ciclídeos endêmicos da África. Este engloba três gêneros importantes para a aquicultura (Oreochromis, Sarotherodon e Tilapia). Trata-se de um peixe com maior potencial de desenvolvimento quando a temperatura da água se encontra entre 25°C e 30°C”, afirma Giovanni Resende de Oliveira, Doutor em Aquicultura e professor do Curso CPT Produção de Tilápias em Tanques Escavados.

4 espécies de tilápia mais comuns no Brasil:

Tilápia azul


A tilápia azul é de origem africana. Seu corpo apresenta cor azul acinzentada, com listras verticais escuras. Geralmente, essa espécie de tilápia apresenta crescimento acelerado, com rápido ganho de peso. Sua maturidade sexual é alcançada com 4 meses de vida.

Além disso, ela se adapta muito bem a condições ambientais variadas, contanto que a temperatura e o pH da água (neutro) sejam propícios à espécie. Outra importante característica desse peixe é a capacidade de tolerar salinidade da água elevada.

Tilápia do Moçambique


A tilápia do Moçambique vem da África (daí o nome). Embora também apresente o corpo com cor azul acinzentada, sua tonalidade é mais clara. Listras escuras cobrem seu corpo como nas demais espécies de tilápia. Seu tamanho é mediano.

Uma de suas maiores qualidades é a capacidade de se adaptar à alta salinidade da água e tolerar condições ambientais diversas. Essa espécie particular de tilápia chega à maturidade sexual mais cedo que muitos peixes (3 meses de vida).

Tilápia do Nilo


A tilápia do Nilo é a espécie de tilápia campeã de criação na piscicultura brasileira. Originada do rio Nilo, no Egito, ela se adaptou muito bem à criação em cativeiro. Seu corpo apresenta listras escuras e cor esverdeada, diferentemente das tilápias acima citadas.

Além disso, esse peixe apresenta grande potencial de crescimento físico, com bom ganho de peso e produção de carne tenra, leve e saborosa. A maturidade sexual dessa espécie de tilápia varia entre 4 e 5 meses (média). Sua tolerância à alta salinidade da água e a variações de temperatura é moderada.

Tilápia do Zanzibar


A tilápia do Zanzibar também é africana. Quando o macho da espécie alcança a fase adulta, a cor de seu corpo torna-se bem escura, mais tendente à cor negra. Já as suas belas nadadeiras apresentam cores, que variam em vermelho, laranja e rosa.

Embora não alcance o tamanho da tilápia do Nilo, a tilápia de Zanzibar consegue tolerar salinidade da água elevada. Entretanto, ela já não se adapta a mudanças bruscas de temperatura, principalmente quando muito baixas. Sua maturidade sexual ocorre quando ela chega a 3 e 4 meses de vida.

Conheça os Cursos CPT da Área Piscicultura:

Produção de Tilápias em Tanques Escavados

Criação de Tilápias em Tanques-rede

Cultivo de Peixes em Sistemas de Recirculação de Água - RAS

Fonte: Blog MF Rural

Por Andréa Oliveira

Faça já o Download Grátis
Faça já o Download Grátis Criação de Peixes em Viveiros Escavados

Basta preencher os campos abaixo para receber o material por e-mail:

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

Max Leo Batista de Oliveira

8 de mai. de 2021

Boa noite parabéns e obrigado por disponibilizar tais conhecimentos.

Resposta do Portal Cursos CPT

28 de mai. de 2021

Olá,Max

Como vai?

Agradecemos sua visita ao nosso site!

Ficamos felizes em saber que você gostou de nosso artigo.

Em breve, uma das nossas consultoras entrará em contato com informações e esclarecimentos sobre os cursos que serão fundamentais para o seu aprendizado.

Atenciosamente,
Erika

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!