WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Fale com uma Especialista
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Vai criar peixes ornamentais para comércio? Aprenda sobre a vazão de água

Uma piscicultura de sistema semi-intensivo, em tanques de terra, deva possuir fonte de água com vazão de 8 a 10 litros por segundo, para cada hectare de lâmina d’água

Vai criar peixes ornamentais para comércio? Aprenda sobre a vazão de água   Artigos Cursos CPT

Alguns autores recomendam que uma piscicultura de sistema semi-intensivo, em tanques de terra, deva possuir fonte de água com vazão de 8 a 10 litros por segundo, para cada hectare de lâmina d’água. Essa vazão é necessária para os modelos de tanques com circulação constante de água.

“Quando a necessidade for de apenas manter o nível da água, repondo o que evapora ou infiltra no terreno, bastam de 25% a 40% dessa vazão”, explica Manuel Vazquez Vidal Junior, professor do Curso CPT Produção de Peixes Ornamentais. O aconselhável é ter água em excesso, para rapidamente poder encher tanques, devido ao manejo ser constante, e também porque pode faltar oxigênio e haver necessidade de promover a circulação da água.

Nas pisciculturas com maior densidade de criação de peixes, a vazão de 8 a 10 litros por segundo é considerada pequena, mesmo para tanques de terra. A vazão do filtro deve ser calculada em função da área de superfície e do material filtrante. Cada material possui um coeficiente de permeabilidade, sendo que é mais permeável o material de maior granulometria, conforme abaixo:

Coeficiente de permeabilidade Artigos CPT

A vazão (Q), em m 3 /s, é dada pela fórmula:  

Q = k . h . A ,
            L
sendo:
k = o coeficiente de permeabilidade do material filtrante;
h = a altura do filtro em metros;
L = a espessura (m) da camada de material filtrante; e
A = a área da superfície do filtro em m2, lembrando que este é o resultado da multiplicação da largura pelo comprimento.

Supondo uma necessidade de filtrar 50 litros por segundo, utilizando um filtro com uma camada de brita pequena, com espessura de 30 cm e 60 cm de altura (h), veja qual deve ser a área do filtro.
Q = 50 litros por segundo ou 0,050 m3 /s (50 / 1.000);
L = 30 cm ou 0,3 m; e
k = 2 x 10-2 ou 0,02 (2 / 100).

Pela fórmula 0,050 (Q) = 0,02 (k) x 0,6 (h) x A / 0,3 (L), então
A = [0,050 x 0,3] / [0,02 x 0,6] ou 0,015 / 0,012 = 1,25 m2 .

Neste caso, para fazer um filtro de seção quadrada, cada lado deverá ter 1,12 m. Mas é sempre bom superdimensionar o filtro, de preferência para uma vazão 50% maior que a necessária. Para evitar o entupimento do filtro por folhas e outros materiais de maior tamanho, deve-se colocar uma tela no canal de abastecimento, antes do filtro. Esta tela deve ser limpa diariamente.

Aprimore seus conhecimentos sobre o assunto. Leia a(s) matéria(s) a seguir:


- Quero criar peixes ornamentais em caixas d'água. É possível?
- Nutrição de peixes ornamentais: como proceder

Quer saber mais sobre o Curso? Dê Play no vídeo abaixo:


Conheça os Cursos CPT da área Piscicultura.
Por Silvana Teixeira.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!