WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Fale com uma Especialista
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

O que se aproveita do coco?

O coco é versátil e, além da polpa e da água, a casca e outras partes do coqueiro podem ser aproveitadas

Leite de coco - imagem ilustrativa

O coco é uma das frutas mais populares aqui no Brasil e uma das mais aproveitáveis pela indústria, uma vez que dele se aproveita “tudo”. Nesse sentido, vale destacar que a industrialização é uma maneira prática e eficiente para facilitar a sua comercialização sob diversas formas.

Raimundo Mororó, professor do Curso CPT Industrialização do Coco – Processo Artesanal, ressalta que os produtos do coco no Brasil, tal como na maior parte do mundo, são matéria-prima de relevância na indústria de muitos produtos alimentares, desde fábricas de bolachas, indústria de doces e sorvetes até pequenas confeitarias e lanchonetes.

O cultivo do coco

O coqueiro foi trazido para terras brasileiras pelos colonizadores e são cultivados até hoje em diferentes cantos do país. Dentre as principais variedades cultivadas aqui, três são as principais: o coqueiro gigante, que possui porte alto e fornece polpa para a indústria de derivados do coco; o coqueiro anão, de porte baixo e que se destaca pelo fornecimento de água; e o coqueiro híbrido, com porte intermediário e dupla finalidade industrial.

Essa planta, de clima tropical, produz um fruto com camada externa grossa e fibrosa, tendo, em seu interior, a polpa e a água. O coco verde possui mais água do que o coco maduro e o sabor dela pode variar de acordo com vários fatores que vão desde o cultivo da planta até o momento em que o fruto é colhido.

Principais usos do coco

Ao contrário do que se pensa, não se aproveita do coco somente a polpa e a água. Folhas, inflorescência e casca também são empregadas em várias finalidades, além do óleo que pode ser extraído e direcionado para a indústria alimentícia ou de fabricação de cosméticos, por exemplo.

- No vestuário, as fibras do coco são utilizadas para a confecção de roupas, chapéus, toalhas e outros produtos de artesanato;
- Na agricultura, é possível aproveitar a casca como um adubo natural e as fibras como biomanta para ajudar na recomposição e proteção do solo;
- Na indústria automotiva, bancos de automóveis são fabricados com fibra de coco, que garantem mais conforto;
- Na indústria de cosméticos, é comum encontrar vários produtos para a pele e para o cabelo que usam o óleo de coco como base;
- Nas indústrias de combustível, alguns resíduos do coco poderiam ser aproveitados na geração de combustíveis do tipo carvão vegetal e até bioetanol;
- No dia a dia, encontramos as fibras do coco em pincéis, vassouras, tapetes e sua polpa transformada em um sabão muito popular.

- A água de coco

Além de garantir hidratação, a água do coco é benéfica à saúde por repor eletrólitos que são necessários para equilibrar o organismo. Ela é mais saudável quando retirada do coco ainda verde, pois, apesar de o coco seco também possuir água, o líquido é mais gorduroso.

- O óleo de coco

O famoso óleo de coco, empregado com frequência na fabricação de produtos cosméticos, também se tornou um aliado na busca por uma vida saudável, uma vez que suas propriedades podem auxiliar no emagrecimento. Pode ser incluído em receitas doces ou salgadas, mas e necessário solicitar a orientação de um nutricionista ou nutrólogo em relação ao seu consumo.

- O “novo” e o “velho” leite de coco

Além do tradicional leite de coco utilizado em diversas receitas salgadas e doces, há uma nova “versão” do leite de coco, que vem crescendo como uma opção em relação a outros extratos vegetais, como é o caso do leite de soja e de amêndoa. A bebida já vem pronta para consumo e se torna uma alternativa para quem tem intolerância à lactose ou alergia ao leite de vaca.

- A farinha de coco

Pouco conhecida, a farinha de coco é uma excelente fonte de fibras e pode ser utilizada em bolos, pães e biscoitos no lugar da tradicional farinha de trigo. Ela ainda merece destaque por ser uma opção para os celíacos, sensíveis, alérgicos ou intolerantes ao glúten, uma vez que é livre dessa proteína.

 


Conheça os Cursos CPT da Área Cultivo e Processamento de Coco:

Industrialização do Coco
Cultivo Orgânico de Coco
Produção de Coco Anão para Consumo de Água

Fontes: SEBRAE – sebrae.com.br
Veja Saúde – saude.abril.com.br
por Renato Rodrigues

Faça já o Download Grátis
Faça já o Download Grátis As Principais Pragas do Coqueiro

Basta preencher os campos abaixo para receber o material por e-mail:

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!