WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Jardinagem: plantas ideais para quem mora perto do mar

Geralmente, as condições de cultivo em locais próximos ao mar exigem que as planta selecionadas sejam bem resistentes

Buganvília - imagem ilustrativa

José Geraldo Barbosa, professor do Curso CPT Produção Comercial de Antúrio, Helicônia e Spathiphyllum, destaca que as plantas tropicais e exóticas constituem uma das maiores riquezas da nossa flora. Exuberantes, coloridas, com formas inusitadas, elas são apreciadas no mercado internacional, também por sua durabilidade e pela capacidade de, mesmo sozinhas, gerar composições surpreendentes. 

A proximidade com o mar faz com que os diferentes jardins – sejam eles construídos em varandas ou terraços, por exemplo – precisem de plantas que ornem com esse ar marítimo. Além disso, mais do que a estética, as condições climáticas também interferem na definição das melhores espécies de plantas a serem cultivadas.

Geralmente, os espaços que são destinados a um projeto de jardinagem recebem muita luz solar, que, associado com as altas temperaturas e com os ventos, faz com que as plantas tenham seu cultivo prejudicado. Soma-se a isso o fato de que o vento também carrega consigo um pouco da maresia.

Sem negligenciar nenhuma das etapas e processos do cultivo de organismos vegetais, as mais indicadas para implantação nas condições acima relatadas são:

Aloé

Crescendo a até três metros de altura, os aloés são plantas espaçosas e resistentes à secura que o entorno do mar pode proporcionar. O solo ideal para cultivo precisa ser bem drenado e a rega só é necessária em dias com temperaturas mais elevadas. Visualmente, o aloé chama a atenção por sua floração laranja, que dura desde o final do outono até o final do inverno.

Arméria

A arméria é uma planta herbácea de porte pequeno que, diferentemente do aloé, não ultrapassa 30cm de altura. Também é resistente ao calor e aos ventos marítimos e apresenta a vantagem de gostar de sol, podendo ficar exposta diariamente por horas. Quando cultivada em vasos, porém, a rega deve ser feita com mais atenção nas épocas mais quentes.

Buganvília

Se você está procurando uma planta com floração contínua, a buganvília é ideal. Sua floração dura quase todo o ano e ela ainda apresenta a facilidade de cultivo, seja em vasos, seja em floreiras. É uma trepadeira resistente e extremamente ornamental, exigindo exposição diária ao sol e regas regulares.

Diosma

Caracterizado por ser um arbusto perene e muito ramificado, a planta diosma possui ramos finos e arredondados e não cresce muito, atingindo, no máximo, 40cm de altura. Apesar de gostar de sol, também suporta meia sombra e, por conta disso, é muito empregada em jardins rochosos. Ainda, sua floração branca e rosa chama a atenção, mas apresenta o diferencial de ser uma planta de aroma agradável.

Erva-do-caril

Também resistente, a erva-do-caril cresce em terrenos secos, rochosos, áridos e estéreis. Possui porte médio, podendo chegar a 70cm de altura e, assim como a diosma, é aromática. Sua floração na primavera é amarela e, ainda, é conhecida por possuir propriedades medicinais.

Grevília

Por possuir grande porte e floração cor-de-rosa-claro, a grevília se destaca em quaisquer ambientes. No que diz respeito ao seu cultivo, suporta calor, secura, vento e o ar que vem do mar. Ainda que prefira solos mais bem drenados, costuma se adaptar bem a quase todos os tipos.

Hibisco

O hibisco é um arbusto com folha persistente e apresenta grandes inflorescências de cores vivas. Suas flores são numerosas, todavia, para garantir a próxima estação, a planta necessita de poda anual. Consegue se desenvolver melhor em locais com sol direto e substratos ricos em matéria orgânica.

Limpa-garrafas

Recebendo esse nome por ser semelhante ao utensílio doméstico utilizado para limpar garrafas, a Callistemon citrinus cresce a até três metros e pode funcionar como um corta-vento junto ao mar. Gosta de sol, porém requer regas regulares. Floresce desde a primavera até o verão, podendo iniciar a floração mais cedo, estendendo-a até o outono.

 


Conheça os Cursos CPT da Área Jardinagem:

Produção Comercial de Antúrio, Helicônia e Spathiphyllum
Treinamento de Florista
Produção Comercial de Strelítzia, Agapanto e Hemrocale

Fonte: Revista Jardins – revistajardins.pt
por Renato Rodrigues

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!