WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

5 dicas para realizar a oroscopia equina

Antes de iniciar a oroscopia, faça uma inspeção a olho nu e a palpação digital da cavidade oral, sem lavar a boca do equino

Odontologia equina: técnica de oroscopia    Dicas CPT

Segundo o Prof. Dr. Luiz Fernando Rapp de Oliveira Pimentel, do Curso CPT Odontologia Equina: Diagnóstico e Intervenções em Odontopatias Congênitas e Adquiridas, “Antes de iniciar a oroscopia, faça uma inspeção a olho nu e a palpação digital da cavidade oral. Faça a inspeção inicial sem lavar a boca, assim poderemos identificar os pontos de acúmulo de alimentos. Então, retire os alimentos aprisionados e lave a boca com água sob pressão.”

Para não perder nenhum detalhe importante no seu diagnóstico, sugerimos estabelecer um padrão no exame de acordo com o protocolo abaixo:


1 - Faça a oroscopia no sentido dos arcos dentários da série 100 em direção à série 400 (sentido horário) de rostral para caudal. Portanto iniciamos no 106, vamos caudalmente até o 111.

2 - Inicie com o exame das superfícies oclusais, com especial atenção à dentina secundária na qual estão as câmaras pulpares e áreas de cemento infundibular. Procure potencias distúrbios oclusais como exposição de canais endodônticos e hipoplasia de cemento oclusal. Sempre que diagnosticar um achado patológico, anote no odontograma e reexamine o local da lesão para evidenciar detalhes adicionais.

3 - Rotacione e reposicione a câmera intraoral para examinar a mucosa palatal e espaços interdentais a partir do dente 106. Verifique a presença de alimentos aprisionados entre os dentes e diastemas.

4 - Rotacione e reposicione a câmera intraoral em direção à superfície bucal do dente 106 e avance caudalmente. Note se há presença de ulcerações na mucosa, dentes deslocados, fraturados e diastemas. Na presença de alimentos impactados e bolsas periodontais, retire o conteúdo retido usando exploradores odontológicos e jatos de água e reexamine a região afetada.

5 - Anote todos os achados no odontograma e repita na mesma sequência o exame da série 200, depois a 300 e finalmente a 400.

Quer saber mais sobre o Curso? Dê Play no vídeo abaixo:


 

Saiba mais sobre o assunto. Leia a(s) matéria(s) abaixo:


 - Odontologia equina: distúrbios de oclusão

Conheça os Cursos CPT da área Medicina Veterinária.
Por Silvana Teixeira.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!