WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Fale com uma Especialista
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Câimbras em equinos e bovinos: por que elas acontecem?

Conhecida como câimbra, por ter como principal característica o “travamento” do membro em extensão, a fixação dorsal da patela é uma das causas frequentes de claudificação em equinos e bovinos

Câimbra em equinos e bovinos: por que elas acontecem?   Artigos CPT

Popularmente conhecida como “câimbra”, por ter como principal característica o “travamento” do membro em extensão, a fixação dorsal da patela é uma das causas frequentes de claudificação em equinos e bovinos, explica Guilherme Costa Fausto, professor do Curso CPT Cirurgia de Grandes Animais. 

Nos equinos, a etiologia da fixação dorsal de patela possui as seguinte origens:

- Fraqueza do quadríceps femoral: pois os ligamentos intermédio e lateral são mais fortes que o ligamento medial.
- Angulação do fêmur: animais com fêmur em posição mais vertical são mais predispostos a desenvolver a afecção.
- Caráter hereditário: as características fisiológicas dos ligamentos e da posição do fêmur são transmitidas aos descendentes.

Em equinos, os animais mais propícios a desenvolver a fixação dorsal da patela são:

- Animais em início de treinamento e que não desenvolveram tônus muscular adequado do quadríceps;
- Animais cujo treinamento é interrompido de forma abrupta quando são colocados de repouso na baia.

Em bovinos, a principal etiologia é de origem traumática, ou seja, devido a traumas na região da tíbia e região femoropatelar comumente provocados por porteiras, troncos de contenção ou por mourões de cerca.

O que fazer para melhorar as câimbras em equinos e bovinos?


Em casos leves e intermitentes, as indicações são o tratamento clínico envolvendo exercícios para fortalecimento do quadríceps. Já em casos persistentes ou irresponsivos ao tratamento clínico, em que a patela permanece fixa a maior parte do tempo, é necessário realizar a desmotomia patelar medial.

Gostou do assunto? Saiba mais na(s) matéria(s) abaixo:


- Orquiectomia equina: ruptura do mesórquio e ligamento da cauda do epidídimo

Quer saber mais sobre o Curso? Dê Play no vídeo abaixo:


 

Conheça os Cursos CPT da área Medicina Veterinária.
Por Silvana Teixeira.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!