WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Como deve ser feita a aplicação de injeções em cães?

Ainda que pareça um procedimento simples, a aplicação de injeções só deve ser feita por um médico veterinário ou com sua orientação

Injeção em cão - imagem ilustrativa

Gustavo Carvalho Cobucci, um dos professores do Curso CPT Clínica Médica de Cães e Gatos, destaca que de altíssima demanda, a clínica médica de cães e gatos é a área de atuação da maioria dos médicos veterinários. Portanto, o domínio amplo e preciso das técnicas que envolvem esta clínica é importantíssimo para o médico veterinário se destacar e ter sucesso neste universo competitivo.

A aplicação de injeções em cães é um procedimento considerado extremamente comum na rotina das clínicas veterinárias. Somente o profissional veterinário é quem está apto a executá-la. No entanto, ela pode ser feita pelos tutores, desde que estes sejam orientados pelos médicos veterinários.

A seguir, conheça todos os detalhes que envolvem essa aplicação:

Por que é melhor que um veterinário aplique injeções?

Em primeiro lugar, é válido mencionar que esse profissional possui conhecimentos específicos que garantem a efetividade da aplicação. Como mencionado, o tutor só pode realizá-la caso seja autorizado pelo veterinário do seu animal, sob o risco de poder provocar a morte do seu pet.

E, nesse contexto, a utilização de seringas coloca em perigo também a sua segurança. Ainda, três grandes vantagens são obtidas quando os médicos veterinários são quem coloca a mão na massa:

- Evita o desperdício de remédio;
- Garante a eficácia de todo o processo e a saúde do seu pet;
- Evita que a aplicação cause complicações – quando feita de forma equivocada ou quando o animal é alérgico ao medicamento, por exemplo.

Recomendações para a aplicação:

- Todo o passo a passo precisa ser feito com calma para que a aplicação seja exata, mesmo nos casos em que há urgência;
- Há diferentes seringas para a aplicação de diversos medicamentos, o que deve ser observado pelo médico veterinário;
- Há, também, diferentes tipos de injeção, o que demanda aplicações diferentes;
- Muitos animais precisam ser contidos para receber injeções;
- Não só a seringa, como tudo o que for utilizado e a área de aplicação precisam ser desinfetados;
- Qualquer urgência exige a intervenção imediata do médico veterinário.

Como deve ser a aplicação?

Animais que demandam aplicação constante de remédio, como é o caso dos diabéticos e doentes crônicos, podem recebê-la de seus tutores, desde que eles tenham sido muito bem orientados pelo veterinário. São dois os tipos de injeção mais comuns:

- A subcutânea, aplicada sob a pele;
- E a intramuscular, aplicadas no músculo do animal.

Das duas, somente a subcutânea é indicada para ser feito por essas pessoas, seguindo esse passo a passo:

. Acalme e relaxe o cão;
. Prepare a injeção, extraindo o líquido do frasco com a seringa e/ou misturando-o quando necessário, mantendo sempre a higiene;
. Depois de extrair o medicamento, empurre o êmbolo da seringa até que um pouco do líquido saia da seringa, indicando que todo o ar dentro da seringa foi retirado;
. Pegue uma dobra de pele próxima ao pescoço do animal;
. Introduza a agulha firmemente por alguns centímetros e puxe o êmbolo para observar se há a presença de sangue – nos casos positivos, retire a agulha e tente em outro lugar;
. Quando não houver sangue, empurre o êmbolo até o fim, dispensando todo o medicamento;
. Faça uma massagem na região para que o líquido se espalhe mais facilmente;
. E, se possível, ofereça uma recompensa ao animal.

 


Conheça nossos Cursos da Área Medicina Veterinária:

Clínica Médica de Cães e Gatos
Cardiologia de Cães e Gatos
Diagnóstico por Imagem de Cães e Gatos

Fontes: Blog Petz – petz.com.br/blog/
Perito Animal – peritoanimal.com.br
por Renato Rodrigues

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!