WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Fale com uma Especialista
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Degeneração testicular equina. O que é?

A degeneração testicular é uma enfermidade adquirida, uma patologia decorrente de alguma injúria à gônada masculina. É a principal causa de baixa fertilidade em garanhões

Degeneração testicular equina. O que é?   Artigos CPT

A degeneração testicular é uma enfermidade adquirida, uma patologia decorrente de alguma injúria à gônada masculina, de forma uni ou bilateral, e que resulta na redução da produção espermática ou, até mesmo, na interrupção total da espermatogênese.

Segundo Dr.ª Bruna Waddington de Freitas, Prof.ª do Curso CPT Reprodução de Equinos, “A degeneração testicular é a principal causa de baixa fertilidade em garanhões”. Essa enfermidade pode ser observada entre os garanhões com certa frequência, pois o epitélio do túbulo seminífero é extremamente sensível à adversidade de inúmeras origens, tais como:


- Elevação da temperatura e picos febris.
- Intoxicações.
- Toxemia.
- Traumas.
- Agentes químicos e medicamentos: anti-inflamatórios esteroidais e hormônios andrógenos.
- Alterações vasculares.
- Distúrbios hormonais autoimunes.
- Obstrução da cabeça do epidídimo.
- Infecções locais.
- Desequilíbrios nutricionais.
- Dermatites.

Todos esses fatores afetam de maneira direta ou indireta a homeostasia testicular culminando em um processo degenerativo, mas a idade é um fator predisponente à enfermidade na espécie equina, em função do tempo em que os testículos estão expostos às diversas adversidades.

A degeneração testicular é uma patologia que pode ser facilmente confundida com a hipoplasia devido à principal manifestação clínica: a possível redução de tamanho da gônada e alteração de sua consistência. Entretanto, a conduta a ser tomada para com pacientes acometidos de hipoplasia é completamente diferente da conduta dada a pacientes com degeneração testicular.

A degeneração testicular pode, ou não, ser reversível de acordo com a gravidade do quadro clínico do paciente. Por isso, o veterinário deve atentar para os fatores predisponentes à ocorrência da doença para que sejam retirados do convívio do animal.

O tempo para a completa recuperação da capacidade espermática do paciente varia consideravelmente em função da origem e intensidade do dano.

Atenção:


Em casos de degeneração testicular, o garanhão deve ser mantido em regime de coleta pouco intensivo - em torno de 1 vez por semana - para que se mantenha o estímulo sexual, pois isso é sempre favorável. Assim que observar melhorias na qualidade do sêmen coletado pelo garanhão, o regime de coleta deve ser alterado de forma gradativa.

A degeneração testicular também prejudica o tempo de sobrevivência do espermatozoide na genitália feminina. Por isso, as inseminações devem ser realizadas no ápice do corno interino e no momento mais próximo da ovulação. O uso de agentes antioxidantes pode minimizar o dano provocado pelo estresse oxidativo inerente ao processo. É recomendada a suplementação com Vitamina E, e selênio na alimentação diária de reprodutores.

Na maioria das vezes, a terapia hormonal não tem valor algum uma vez que a etiologia do processo está relacionada a um determinado dano tecidual local.

Comparativo entre Hipoplasia Testicular e Degeneração Testicular

Hipoplasia Testicular

Degeneração Testicular

Testículo normalmente reduzido

Testículo de tamanho normal a reduzido

Condição congênita

Condição adquirida

Uni ou bilateral

Uni ou bilateral

Irreversível

Pode ser reversível

Gostou do assunto? Leia a(s) matéria(s) abaixo:


7 dicas para uma correta coleta de sêmen equino

 Quer saber mais sobre o Curso? Dê Play no vídeo abaixo:


 

Conheça os Cursos CPT da área Medicina Veterinária.
Por Silvana Teixeira.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!