WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Fale com uma Especialista
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Necessidades termorregulatórias de porcas e leitões: o que saber?

Uma questão importante a se destacar referente às porcas e aos leitões é quanto às necessidades termorregulatórias, que são diferentes

Necessidades termorregulatórias de porcas e leitões: o que saber?   Artigos CPT

Uma questão importante a se destacar referente às porcas e aos leitões é quanto às necessidades termorregulatórias, que são diferentes. A faixa de termoneutralidade das fêmeas é de 15-18 oC, enquanto a dos leitões é maior, de 30 a 32 oC, sendo alcançada utilizando escamoteador, entre outras tecnologias.

A maternidade, como um ambiente que acolhe duas categorias de animais, sendo os leitões recém-nascidos extremamente sensíveis e suscetíveis a enfermidades, variações da temperatura ambiental, entre outros, necessita de certos cuidados, explica Paulo Henrique Reis Furtado Campos, professor do Curso CPT Manejo de Leitões do Nascimento ao Abate. São eles:


- Controle de entrada de pessoas no setor.
- Mão de obra exclusiva para evitar o trânsito de funcionários de outro setor ou iniciar o manejo na granja pela maternidade e posteriormente os outros setores.
- Controle das condições no interior na maternidade. Recomenda-se, para isso, um ambiente fechado que possibilite o controle de fatores como incidência de raios solares, vento e que, por meio de mecanismos como cortinas, janelas e venezianas, possa-se controlar a temperatura ambiente e a circulação de ar, promover melhora da condição de higiene e da faixa de termoneutralidade adaptada dos animais.
- Por serem suscetíveis ao estresse por frio devido ao fato de nascerem com baixas reservas corporais, baixo isolamento para o ambiente, possuírem uma alta superfície de perda de calor, entre outros, os leitões devem ser abrigados em um ambiente cuja temperatura deve ser entre 30 e 32 oC, o que pode ser proporcionado pelo escamoteador, no qual são utilizadas lâmpadas específicas para aquecimento ou outra forma de aquecimento.

Aquecimento dos leitões utilizando escamoteador; (B) Parte interna do escamoteador: lâmpada para aquecimento   CPT

Foto: Aquecimento dos leitões utilizando escamoteador; (B) Parte interna do escamoteador: lâmpada para aquecimento.

Dentro do escamoteador deve ser utilizado material isolante que mantenha o aquecimento do interior. Esse material pode ser tapete isolante, maravalha, papel picado, entre outros.

O controle interno da temperatura da granja, quando se trata de galpões abertos, pode ser feito por meio de cortinas. Para evitar radiação direta sobre os animais, podem ser usados sombrites ou mesmo vegetação natural. Para amenizar as consequências negativas dos efeitos das altas temperaturas sobre as fêmeas, podem ser usados ventiladores para realizar a troca de ar dentro do galpão, promovendo, assim, melhor termorregulação.

Saiba mais sobre o assunto. Leia a(s) matéria(s) a seguir:


- Uma área de produção que só cresce no Brasil? A suinocultura!

Quer saber mais sobre o Curso? Dê Play no vídeo abaixo:


 

Conheça os Cursos CPT da área Medicina Veterinária.
Por Silvana Teixeira.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!