WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Fale com uma Especialista
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Suinocultura: fase crítica da creche e principais práticas de manejo

A creche é caracterizada como uma fase crítica em que os leitões demandam muitos cuidados por serem submetidos a vários fatores estressantes

Suinocultura: fase crítica da creche e principais práticas de manejo   Artigos CPT

Segundo Paulo Henrique Reis Furtado Campos, professor do Curso CPT Manejo de Leitões do Nascimento ao Abate, “A creche é caracterizada como uma fase crítica em que os leitões demandam muitos cuidados por serem submetidos a vários fatores estressantes”. São eles:


- Separação da mãe e dos irmãos.
- Mudança de ambiente.
- Alterações na dieta, que passa de líquida para a sólida, e alterações fisiológicas decorrentes dessa mudança.
- Sistemas digestório e imune ainda pouco desenvolvidos.
- Mistura de animais de diferentes leitegadas.
- Brigas para estabelecimento de nova hierarquia.

As salas devem ser monitoradas constantemente, observando as condições:


- Dos leitões, se estão em condições ambientais adequadas, se mais juntos ou separados, caracterizando temperatura adequada ou não.
- Dos bebedouros, se está sendo oferecida água em quantidade e temperaturas adequadas.
- Dos comedouros, se oferece número de acesso e distanciamento adequados;
- Da ração. Oferecer ração de boa qualidade, adaptada ao estado fisiológico e metabólico dos animais, e evitar que ocorra fermentação do alimento no comedouro.

Temperatura e à umidade


Considerando que nessa fase os animais ainda são suscetíveis ao estresse por frio, é preciso utilizar um sistema de aquecimento que mantenha as seguintes temperaturas de acordo com a fase de creche:

21 a 35 dias: 28 a 30ºC
36 a 56 dias: 26 a 28ºC
56 a 70 dias: 26ºC

No que se refere à densidade de alojamento de animais/m2, pode-se utilizar valores de 0,22 - 0,30 m2 por animal dentro da mesma baia. Uma densidade maior de animais/área desencadeará maior disputa por espaço e, consequentemente, brigas. Por outro lado, a disponibilização de uma maior área por animal também não é recomendada, uma vez que dificultará a regulação da temperatura, além disso, tornará o sistema mais caro.

Recomenda-se que o manejo dos animais que envolve transporte seja feito pela manhã, período mais fresco do dia, considerando que altas temperaturas também provocam estresse aos animais.

Saiba mais sobre o assunto. Leia a(s) matéria(s) a seguir:


- Uma área de produção que só cresce no Brasil? A suinocultura!

Quer saber mais sobre o Curso? Dê Play no vídeo abaixo:


 

Conheça os Cursos CPT da área Medicina Veterinária.
Por Silvana Teixeira.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!