WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Pet shop: como cuidar bem do seu animal de estimação

O mercado de pet shops vem aumentando cada vez mais

Os animais de estimação são os melhores amigos do homem e por isso são tratados com muito carinho e cuidado

Animais de estimação são os melhores amigos do homem moderno

Animais de estimação são companhias cada vez mais adotadas para amenizar a solidão do homem. Por se tornarem seus melhores amigos, são tratados com toda a atenção devida para terem uma vida saudável e feliz. Dessa maneira, o segmento para cuidados com esses animais vem se expandindo e dominando grande parte do mercado. Esse serviço especializado é encontrado nos pet shops. Estes são lojas voltadas exclusivamente para atender às necessidades dos animais, oferecendo produtos e serviços específicos para eles.

São encontrados em um pet shop: rações, produtos veterinários, filhotes de animais, além de serviços como banho e tosa, atendimento clínico,hospedagem, transporte, entre outros. Os pet shops devem funcionar em horário comercial, dando aos proprietários dos animas chances de levá-los durante o dia, em horário de folga de seus afazeres.  


Montagem da infraestrutura

A quantidade ideal de funcionários é relativa ao tamanho do pet shop e dos serviços que este irá oferecer. O tamanho deve ser de aproximadamente 46m², sendo 16m² para a área de banho e tosa. Esta deve conter piso impermeável, liso e resistente a desinfetantes e ter paredes impermeabilizadas, pelo menos, até dois metros de altura.

“Na área para o banho e tosa, deve haver, obrigatoriamente, uma mesa para a tosa, um tanque ou banheira para o banho do animal, um chuveiro com água quente e, de preferência, com jato direcionado para facilitar o trabalho; uma mesa para pentear e secar e um secador, de preferência, de chão, pois dá maior liberdade de trabalho para o operador”, afirma o professor José Antônio Viana, do curso Como Montar um Pet Shop - Com Banho, Tosa e Atendimento, elaborado pelo CPT - Centro de Produções Técnicas.

Na parte da loja, as prateleiras devem ficar onde não haja sol, os medicamentos, a uma certa altura, para não haver contato com crianças nem com excesso de claridade.
    

O negócio

O primeiro passo para se montar um pet shop de qualidade é fazer um bom planejamento. Uma boa pesquisa de mercado e um bom plano de marketing são essenciais.

Antes de abrir a loja, a prefeitura deve ser consultada para liberar a autorização do negócio. O PROCON também deve dar aval para certificar que todos os produtos são adequados às
especificações do Código de Defesa do Consumidor. Em caso de comercialização de animais, o IBAMA também deve liberar registro para a atividade.

O proprietário deve sempre supervisionar seu negócio, dando as devidas orientações aos funcionários, conferindo se o serviço está bem feito e delegando funções.

Os fornecedores procurados devem ter credibilidade no mercado. Para que não sejam feitas compras de produtos de má qualidade e animais de procedência duvidosa.

Os funcionários devem passar constantemente por treinamentos para conquistar mais clientes. E lógico, um bom atendimento é fundamental.

Vacinação

A vacinação dos animais deve ser sempre lembrada aos proprietários pela equipe do pet shop. Para isso, basta preencher um cadastro com a idade do animal, quais vacinas já foram dadas, entre outros. Além disso, o processo de vacinação é simples e gera uma grade margem de lucros ao pet shop.

O esquema de vacinação recomendado para cães é:

seis semanas de idade – fazer a vermifugação e repetir, mensalmente, até seis meses de idade

 1ª dose – vacina polivalente = 8 semanas de idade.
 2ª dose – vacina polivalente = 12 semanas de idade.
 3ª dose – vacina polivalente = 18 semanas de idade.
 1ª dose – antirrábica = 16 semanas de idade (posteriormente, revacinar com uma dose anual).
    

Considerações gerais

- Faturamento bruto estimado:  US$ 5.000,00 a US$ 60.000,00;
- Rações devem representar 30% do total de produtos vendidos em um pet shop bem administrado;
- Os serviços veterinários, banho, tosa, hospedagem e transporte devem ter a mesma porcentagem, que é de 30%, enquanto os acessórios, complementos alimentares e medicamentos ficam com 40%;
- O retorno financeiro de um empreendimento como o pet shop demora, aproximadamente, de um e meio a dois anos para acontecer.

 

 

Por Natália Mayrink De Lazzari

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!