WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Baiyodo: o que é, para que serve, como preparar e como usar

O Baiyodo tem a propriedade de reter nutrientes solúveis por um período de 100 dias, colocando-os à disposição das plantas, quando necessitam

Baiyodo: o que é, para que serve, como preparar e como usar   CPT

O Baiyodo é uma mistura de terra virgem e farelo de arroz, submetida a um processo de fermentação. Terra virgem é aquela que se encontra na mata, que não tenha sido utilizada para fins agrícolas, livre de insumo químico, matéria orgânica, patógenos, pragas e nematoides. “O Baiyodo tem a propriedade de reter nutrientes solúveis por um período de 100 dias, colocando-os à disposição das plantas, quando necessitam”, explica  o Prof. Dr. Celso Trindade, do Curso CPT Cultivo Orgânico de Plantas Medicinais.

Matéria-prima para preparo do Baiyodo


♦ Farelo de arroz suficiente para um ano.
♦ Terra. Deve ser retirada a 30 cm da superfície do solo, ser isenta de matéria orgânica, ser rica em nutrientes e ter elevada capacidade de troca catiônica (CTC). A experiência tem mostrado que as terras do subsolo argiloso e avermelhado, com relativa riqueza em mica, são melhores para o preparo do Baiyodo. No caso de terra excessivamente argilosa, deve-se adicionar 30% (em volume) de casca de arroz semidecomposta.

Local para preparo do Baiyodo


O local deve proteger os materiais contra a chuva, pois, se forem deixados ao relento, os nutrientes serão levados pela chuva e se perderão. Além disso, a chuva umedece excessivamente o material, prejudicando o processo de fermentação. Deve ser preparado dentro de uma casa de vegetação ou em um barracão. Convém cimentar o local de preparo, para facilitar as operações de revirada e para evitar a infiltração de nutrientes no chão.

Preparo do Baiyodo


Os materiais a serem empregados são:
♦ 60% de terra virgem
♦ 40% de farelo de arroz

Caso a terra seja muito argilosa, deve-se adicionar casca de arroz, na proporção de 10% do volume total. Para acelerar o processo de fermentação, pode-se adicionar inoculante, como o EM, ou inoculantes feitos na propriedade, de acordo com o procedimento descrito abaixo:

I- A terra deve ser misturada com o farelo de arroz, de maneira que a mistura fique bem homogênea. Depois, adiciona-se água, aos poucos, misturando novamente, até que se obtenha cerca de 60% de umidade.
II- Para saber se a umidade está adequada, pegue um punhado da mistura e aperte-a formando o molde da mão. Se não escorrer água entre os dedos, a umidade está adequada. Então, a mistura deve ser amontoada em forma de pirâmide, com altura de 1 a 1,20 m.
III- O material deve ser revirado a cada 6 a 8 dias, procurando manter a mistura a uma temperatura máxima de 50 a 60°C.
IV- Para medir a temperatura, introduza um vergalhão no centro do monte, deixe um tempo, até que se aqueça. Depois, retire o vergalhão e toque com a mão a parte que estava inserida no monte, se estiver quente, mas suportável, está na faixa de temperatura adequada.
V- Para facilitar a ventilação (introdução de oxigênio), a mistura que está amontoada em forma de pirâmide deve ser perfurada com um pau, com diâmetro de 5 a 6 cm, e comprimento de 1 m, a cada 30 a 40 cm de distância.

O Baiyodo em preparo ao relento deve ser coberto com esteira de palha ou sacos, para abrigar contra a chuva e homogeneizar a umidade do amontoado.

Modo de usar o Baiyodo


♦ O Baiyodo é utilizado para o preparo de mudas, em mistura com os compostos de capim ou de palha de arroz, na base de 1:1.
♦ Pode ser aplicado nas covas que recebem as mudas, na ocasião de seu transplante, o que propicia bom pegamento e desenvolvimento das raízes.
♦ Pode ser utilizado também na lavoura em mistura com composto. A mistura é aplicada na base de uma tonelada por 1.000 m2, em solos de baixa fertilidade.

Melhore seus conhecimentos. Leia a(s) matéria(s) abaixo:


- Precisando melhorar o solo? Adubação verde nele!

Quer saber mais sobre o Curso? Dê Play no vídeo abaixo:


 

Conheça os Cursos CPT da área Plantas Medicinais.
Por Silvana Teixeira.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!