WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Dívidas - como honrá-las em tempos de crise e sair da inadimplência?

Eis uma pergunta que muitos administradores de empresa andam se fazendo e a resposta é simples: renegociar o pagamento, porém com algumas cautelas para não piorar ainda mais a situação

planilha de gastos mensais

 

Eis uma pergunta que muita gente anda se fazendo pelo mundo, principalmente aquelas que administram empresas cujas contas a pagar crescem e se acumulam sobre a mesa. Mas, e a resposta, onde está? Como honrar as dívidas da minha empresa em tempos de crise, quando caem as atividades, aumenta-se o desemprego e a população acaba consumindo menos? A resposta é simples: renegociar o pagamento. Então, veja as dicas abaixo e prepare-se para este momento, assim não haverá como fazer um mal negócio.

1- Não aceite imposições
Nunca aceite as regras impostas pelo credor. É o devedor quem tem de decidir sobre a melhor forma de pagar suas dívidas, já que elas estão condicionadas à capacidade financeira da empresa.

2-  Só faça trocas justas
Muito cuidado ao dar ou aumentar garantias. Só use esse recurso se houver uma relação de troca justa, com redução substancial de juros e dilação de prazo de acordo com as suas necessidades, ou seja, do devedor.

3- Cumpra o que prometeu
Renegociação deve sempre ser definitiva. Então, custe o que custar, cumpra com o combinado, caso contrário você (devedor) perderá totalmente sua credibilidade, por descumprir o acordo em pouco tempo.

4- Troque a garantia pela dívida
Antes de você deixar alguma coisa (ativo) para o credor como garantia, veja com ele a possibilidade de este ativo ser usado para eliminar definitivamente a dívida, pois com o tempo o valor do ativo deprecia e o da dívida sobe.

5- Seja racional
Quando for renegociar uma dívida, deixe a emoção e a intuição guardadas em casa. Sua afinidade com o credor, assim como o grau de relacionamento existente entre vocês, não vai pagar suas contas. Procure solucionar a situação, então, de forma profissional.

6- Estude muito bem o seu fluxo de caixa antes de estabelecer um prazo
Antes de estabelecer um prazo final para o pagamento de uma dívida, estude meticulosamente o seu fluxo de caixa. Em posse dos números, ainda assim, jogue o prazo para além do necessário. Desta forma, não corre o risco de haver um imprevisto e você ficar novamente inadimplente.

Por Silvana Teixeira.
Fonte: Administradores.com.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

jhonathan kemer fagundes

15 de ago. de 2021

Quero pegar minhas dívida com a empresa cpt

Resposta do Portal Cursos CPT

17 de ago. de 2021

Olá, Jhonathan! Como vai?

Ficamos felizes com sua visita. Em breve, uma de nossas consultoras entrará em contato com informações e esclarecimentos que serão fundamentais para ajudar você nessa questão.

Atenciosamente,

Marcela Teixeira.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!